Brasil

Vídeo: pastor da Assembleia de Deus causa polêmica ao condenar “coração de dorama” durante pregação em PE

Em | Da Redação

Atualizado em

Vídeo: pastor da Assembleia de Deus causa polêmica ao condenar “coração de dorama” durante pregação em PE
Repdodução
O vídeo de uma pregação do pastor Ailton José Alves Júnior, da Igreja Assembleia de Deus em Pernambuco, causou polêmica nas redes sociais durante os últimos dias.
No sermão, feito no encerramento do 22º Congresso de Adolescentes, cujo tema era “Não negarei a minha fé”, e transmitido ao vivo através do canal da Assembleia de Deus em Pernambuco no YouTube, o religioso critica o “coração de dorama” – feito com a união dos dedos polegar e indicador –, o associando à androginia.

“Não faça mais coração de dorama. Nos púlpitos da igreja fazendo para tirar fotos, coração de dorama! Vocês sabem o que é dorama? Quem aqui sabe o que é dorama? Quem sabe o que é dorama? Defesa da androginia! Não há definição de macho nem fêmea, e todo mundo fazendo sinal de dorama porque são ignorantes”, declarou o pastor.

O religioso, então, afirmou que “saudação de crente é ‘a paz seja convosco’” e citou um trecho da Bíblia, dizendo “e vereis a diferença, entre quem serve e quem não serve”.
“Você acha que eu estou numa brincadeira aqui é? Você acha que eu vim dar um showzinho aqui, é? Eu vim lutar!”, continuou o homem. “Quando você olha pornografia, quando você olha coisas indecentes, quando você assiste dorama e outros programas e séries da TV, de morte, de vampiragem, e de tantas desgraças que há, você está se acostumando com a forma que o diabo age”.
Nos bancos da igreja, centenas de fiéis concordaram com as afirmações do pastor, ainda que alguns tenham aparentado surpresa. A Igreja Assembleia de Deus em Pernambuco não se manifestou sobre o caso.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads