Pernambuco

Uso de máscaras deixa de ser obrigatório para alunos e profissionais do ensino fundamental em Pernambuco

Em | Da Redação

Atualizado em

Uso de máscaras deixa de ser obrigatório para alunos e profissionais do ensino fundamental em Pernambuco
(Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)

O uso de máscaras de proteção contra Covid-19 vai deixar de ser obrigatório em Pernambuco, a partir da segunda (5), para estudantes e profissionais que atuam nos anos finais do ensino fundamental, entre o 6º e o 9º ano.

Atualmente, o uso da proteção já não é obrigatório para os alunos do ensino médio. A informação foi repassada nesta sexta (2), pela Secretaria de Educação e Esportes (SEE).

O governo justifica a medida pela “manutenção sustentada da queda no número de casos de Covid-19 em Pernambuco”.

A medida é válida para escolas públicas e privadas. Há, nessa faixa escolar, 153.314 estudantes na rede estadual, 101.689 alunos de escolas particulares e 396.152 nas escolas municipais.

As máscaras seguem obrigatórias para os alunos, professores e demais profissionais que atuam na educação infantil e entre o 1º e 5º ano do ensino fundamental, independentemente do status de vacinação das crianças.

De acordo com levantamento da Secretaria Estadual de Saúde (SES), os últimos casos graves da doença em pacientes entre 12 a 14 anos foram registrados no início de julho. Foram, naquela época, dois registros. Não há mortes registradas nessa faixa etária desde o início de fevereiro.

Na nota enviada à imprensa, a SEE informou que os casos leves entres esses adolescentes também tiveram queda. No início de julho, foram confirmados 413 casos de síndrome gripal, e, na última semana de agosto, foram 15 casos confirmados.

Desde março de 2020, Pernambuco totaliza 1.049.704 casos confirmados da doença, sendo 59.736 graves e 989.968 leves. No mesmo período, foram registradas 22.218 mortes.

*As informações são do G1.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads