Brasil

URGENTE: homens dizem ter matado Dom e Bruno

Em | Da Redação

Atualizado em

URGENTE: homens dizem ter matado Dom e Bruno

Um dos suspeitos presos pelo desaparecimento do jornalista britânico Dom Phillips e do indigenista brasileiro Bruno Araújo Pereira, sumidos há 11 dias, confessou nesta quarta-feira (15) o crime para a Polícia Federal. Osoney da Costa disse que ele e Amarildo dos Santos mataram Dom Phillips e Bruno Pereira no dia 5 após serem flagrados por eles pescando ilegalmente.

Dom e Bruno foram rendidos e mortos pela dupla. Os corpos foram decepados, esquartejados e queimados, e depois jogados em uma vala na região do Vale do Javari, na Amazônia.

 

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads