Mundo

Terremoto deixa mais de 4.300 mortos e milhares de feridos na Turquia e na Síria

Em | Da Redação

Atualizado em

Terremoto deixa mais de 4.300 mortos e milhares de feridos na Turquia e na Síria
Tremor de magnitude 7,8 foi sentido no Chipre e no Líbano; milhares de prédios desabaram, e há vítimas nos escombros

Tremor de magnitude 7,8 foi sentido no Chipre e no Líbano; milhares de prédios desabaram, e há vítimas nos escombros

Um terremoto de magnitude 7,8 matou mais de 4.300 pessoas na Turquia e na Síria, segundo balanço de autoridades locais. O tremor foi sentido na madrugada desta segunda (6), noite de domingo (5) no Brasil.

Ao menos 2.316 pessoas morreram na Turquia, de acordo com a agência de desastres turca, no pior evento do tipo no país desde 1939. Já na Síria, o regime de Bashar al-Assad somou 1.300 mortos até aqui.

Há, ainda, 700 mortes em áreas controladas por rebeldes, de acordo com os Capacetes Brancos, grupo formado por voluntários da Defesa Civil Síria, organização acostumada a realizar resgates de sobreviventes em edifícios atingidos por ataques aéreos durante a guerra civil que já dura 12 anos no país.

Segundo o governo turco, mais de 11 mil pessoas ficaram feridas e 2.818 prédios desabaram. Na Síria, o número de feridos chega a 1.326 nas áreas controladas pelo regime e a mil em porções dominadas por rebeldes. Centenas ainda estão nos escombros, e as cifras de mortos e feridos devem aumentar.

O epicentro do sismo foi registrado na região entre as cidades turcas de Gaziantepe e Kahramanmaras, a uma profundidade de 10 a 24 quilômetros, de acordo com os serviços geológicos dos EUA e da Alemanha. Os tremores puderam ser sentidos na capital turca, Ancara, no Chipre, no Líbano e também no Iraque.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads