Logo G1
Brasil

Terra Yanomami:Suspeitas de recrutar meninas para prostituição são levadas à cadeia

Em | Da Redação com informações de G1

Atualizado em

Terra Yanomami:Suspeitas de recrutar meninas para prostituição são levadas à cadeia
Irmãs Francisca de Fátima Guimarães Gomes (à esquerda) e Marilene Guimarães Gomes (à direita) foram presas pela PF por suspeita de exploração sexual de mulheres na Terra Yanomami — Foto: Reprodução

 

Investigadas pela Polícia Federal por exploração sexual de meninas e mulheres em garimpos na Terra Indígena Yanomami, as irmãs Francisca de Fátima Guimarães Gomes, de 40 anos, e Marilene Guimarães Gomes, de 44 anos, foram levadas à Cadeia Pública Feminina, em Boa Vista, após serem presas nesse sábado (18) na operação Palácios.

Atraídas pelas redes sociais com promessas de falsos trabalhos e salários irreais, as vítimas são levadas ao território com dívida inicial de R$ 10 mil e lá, são obrigadas a se prostituir em cabarés à serviço da atividade ilegal, de acordo com investigação da PF.

Além das irmãs presas nesse sábado, a PF também investiga no esquema Márcio Conceição Vieira, que é marido de Marilene, e Thaliny Nascimento Andrade – os dois também tiveram as prisões decretadas, mas não foram encontrados pelos agentes federais e estão foragidos.

O g1 teve acesso às fotos das irmãs presas na operação da PF. Nas imagens, feitas logo após elas serem fichadas pela polícia, as duas aparecem vestidas com o uniforme laranja usado por presas que ficam custodiadas na cadeia. A prisão temporária delas é válida por 30 dias.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads