Brasil

Suzane von Richthofen começa faculdade no interior de São Paulo; veja fotos

Em 2021, a Justiça concedeu a Suzane o direito de começar o curso em uma unidade de ensino superior em Taubaté (SP

Em | Da Redação

Atualizado em

Suzane von Richthofen começa faculdade no interior de São Paulo; veja fotos
Em 2021, a Justiça concedeu a Suzane o direito de começar o curso em uma unidade de ensino superior em Taubaté (SP

Suzane von Richthofen voltou a cursar biomedicina em uma universidade particular, em Itapetininga (SP), depois de ser contemplada com a progressão de pena para o regime aberto. Em 2021, a Justiça concedeu a Suzane o direito de começar o curso em uma unidade de ensino superior em Taubaté (SP).

Desde que, após ser beneficiada com o cumprimento da pena em liberdade, ela trancou o curso na cidade e se mudou para Angatuba (SP). No início de 2023, a presidiária transferiu o curso para a UNIFSP, em Itapetininga.

Nesta quarta-feira (15), estudantes fizeram imagens de Suzane na universidade. Segundo o G1, essa é a primeira vez que ela acompanha as aulas de maneira presencial. Desde o início de fevereiro, os advogados de defesa dela trabalhavam para conseguir a permissão da Justiça.

Comunicado da matrícula de Suzane na faculdade

Em 2021, a Justiça concedeu a Suzane o direito de começar o curso em uma unidade de ensino superior em Taubaté (SP

Uma colega de sala de Suzane, que preferiu não se identificar, disse que a notícia sobre a matrícula dela foi anunciada há algumas semanas pela direção da instituição.

“Foram de sala em sala e comunicaram que a Suzane frequentaria as aulas. Pediram para que os alunos compreendessem e respeitassem o direito dela como cidadã. E foi assim! Na hora, fiquei surpresa e, apesar de saber que é um direito dela, me sinto meio desconfortável”, afirmou a estudante.

Arquivo pessoal

Através de nota, a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) disse que, depois da concessão do regime aberto, a vigilância da detenta é de responsabilidade do Poder Judiciário.

Segundo o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), o caso de Suzane corre em segredo de Justiça, por isso não é possível fornecer informações. A defesa dela também não se manifestou.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads