Brasil

Sexo entre três pessoas em praia será investigado como crime contra a dignidade

Em | Da Redação

Atualizado em

Sexo entre três pessoas em praia será investigado como crime contra a dignidade

O caso envolovendo sexo entre três pessoas que ocorreu na Praia de Iracema, no Ceará, passou a ser invesitgado pela Polícia Civil como crime contra a dignidade sexual, segundo o portal G1.

O vídeo do ato entre dois homens e uma mulher transexual começou a circular nas redes sociais nesta segunda-feira (6). Após a mulher depôr à polícia, o caso começou a ser apurado como estupro de vulnerável, porque a mulher informou que havia feito uso de uma medicação controlada que a deixou “desorientada”.

Ela foi ouvida na Delegacia de Defesa da Mulher de Fortaleza nesta quarta (8), e a partir do relato, o crime passou a ser investigado de outra forma.

“A Polícia Civil do Estado informa que instaurou um inquérito para investigar uma denúncia de crime contra a dignidade sexual. […] . Imagens divulgadas em redes sociais são analisadas pela Delegacia de Defesa da Mulher de Fortaleza (DDM), responsável pelo caso”, explicou a polícia.

Inicialmente, a Secretaria da Saúde havia informado que o caso seria investigado como um ato obsceno em área pública.

O relato da mulher

A moça esclareceu que foi a um pré-carnaval e, durante a festa, usou um ansiolítico que nunca havia experimentado.

“Me lembro de poucas coisas, pois quase virei a noite bebendo. Fiquei bastante desorientada, essa filmagem foi por volta das 5 horas da manhã. […] Apareceram esses dois caras e me chamaram, eu nem lembro, na verdade, como chegamos nessa ponte, só sei que eu não tenho essas lembranças. Podem falar que é loucura e é! Acho isso muito vergonhoso, por isso neguei até então. Venho pedir mil perdões a todos os ofendidos”, explicou.

 

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads