Brasil Política

Sem Bolsonaro e Lula, ‘RedeTV’ cancela debate presidencial

Em | Da Redação

Atualizado em

Sem Bolsonaro e Lula, ‘RedeTV’ cancela debate presidencial

A RedeTV! decidiu cancelar o debate presidencial marcado para o dia 2 de setembro. O programa seria transmitido em formato de pool, em parceria com os portais Metrópoles e O Antagonista. A informação foi confirmada à reportagem pela assessoria de imprensa da emissora. Como a Jovem Pan mostrou, a campanha do presidente Jair Bolsonaro (PL) procurou a empresa na noite da terça-feira, 23, para informar a decisão do chefe do Executivo federal de não comparecer.

Um integrante da campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que lidera as pesquisas de intenção de voto, disse à Jovem Pan que o petista também não comparecerá. Em razão da ausência dos candidatos mais bem colocados nos levantamentos divulgados até o momento, o debate foi cancelado. De forma oficial, porém, a RedeTV! se limitou a dizer que o cancelamento ocorre “porque não houve a confirmação de todos os convidados”.

Está marcado para o domingo, 28, o primeiro debate presidencial da campanha eleitoral. O programa será transmitido por um pool de veículos, formado por todos os canais de rádio e televisão do Grupo Bandeirantes, além do portal UOL, o jornal Folha de S. Paulo e a TV Cultura. A campanha de Bolsonaro ainda não decidiu se irá comparecer. Lula, por sua vez, deve comparecer.

Aliados do petista, no entanto, destacam que a presença do ex-presidente não está condicionada à participação do atual presidente da República. Os dirigentes do PT admitem, porém, que o ex-mandatário do país se beneficiaria da ausência de seu maior opositor. “Lula sem Bolsonaro no debate é ponto para o Lula falar sozinho para milhões de brasileiros. E ainda [dá a oportunidade de] dizer que o Bolsonaro foge do debate”, disse à reportagem um interlocutor do ex-presidente.

*As informações são da Jovem Pan News.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads