Política

‘Se não provar sua inocência, não pode ficar no governo’, diz Lula sobre ministro Juscelino Filho

Em | Da Redação

Atualizado em

‘Se não provar sua inocência, não pode ficar no governo’, diz Lula sobre ministro Juscelino Filho
Lula:Foto Governo Federal

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) terá uma reunião, na próxima segunda-feira (6), com o ministro das Comunicações, Juscelino Filho. O encontro foi marcada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa, após Juscelino ter seu nome envolvido em denúncias de ocultação de patrimônio e uso de orçamento secreto para beneficiar uma propriedade da família.

Em entrevista à BandNews FM, Lula afirmou que o ministro deve deixar o governo, caso não consiga provar que é inocente. “Ele tem o direito de provar sua inocência. Mas se não conseguir provar sua inocência, ele não pode ficar no governo”, declarou o presidente.

Juscelino foi o último entre os 37 ministros anunciado por Lula, em dezembro do ano passado. Ele foi empossado na cota do União Brasil e sua indicação tem influência do senador David Alcolumbre (União-AP), do deputado Elmar Nascimento (União-BA) e do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

Segundo repórtagem do jornal O Estado de São Paulo, o ministro teria direcionado R$ 5 milhões do orçamento secreto para asfaltar uma estrada que passa em frente a oito fazendas de sua família, segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo. Ele também não declarou um patrimônio de ao menos R$ 2,2 milhões em cavalos de raça ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads