Brasil

Saque extraordinário não utilizado volta à conta do FGTS a partir de sábado

Em | Da Redação

Atualizado em

Saque extraordinário não utilizado volta à conta do FGTS a partir de sábado
Foto: Gabriel Cabral/Folhapress

Os valores do saque extraordinário que não foram movimentados pelos trabalhadores começam a retornar para a conta do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) neste sábado (6).

Segundo a Caixa, serão devolvidos aproximadamente R$ 9,2 bilhões às contas do Fundo de Garantia, devidamente corrigidos.

Se o trabalhador fez alguma retirada do saque extraordinário, em qualquer quantia, o saldo restante permanece na conta do Caixa Tem. O dinheiro também não será devolvido à conta do FGTS nos casos em que o trabalhador solicitou o saque extraordinário no App FGTS, mesmo que não tenha feito o saque depois.

SAQUE PODE SER SOLICITADO MESMO APÓS A DEVOLUÇÃO DO DINHEIRO

Se, após o retorno da quantia à conta do FGTS, o trabalhador desejar utilizar o saque extraordinário, pode solicitá-lo por meio do App FGTS até o dia 15 de dezembro de 2022. Segundo a Caixa Econômica Federal, após a solicitação, o crédito será feito na conta digital do Caixa Tem em até 15 dias.

O QUE É O SAQUE EXTRAORDINÁRIO?

A Caixa depositou até R$ 1.000 na conta do Caixa Tem de aproximadamente 43,7 milhões de trabalhadores em 2022, de acordo com a medida provisória 1.105, de 17 de março de 2022. Ao todo, cerca de R$ 30,1 bilhões foram pagos.

Os valores creditados automaticamente ficam disponíveis para movimentação pelo trabalhador pelo prazo de 90 dias, conforme o calendário de pagamentos da Caixa, e, caso não sejam sacados, retornam para as contas do FGTS com correção monetária.

Da redação do PortalPE10, com informações do Folha de São Paulo.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads