Brasil

Saiba detalhes da Betzord, empresa que motivou operação policial contra Deolane Bezerra e Tirullipa

Em | Da Redação

Atualizado em

Saiba detalhes da Betzord, empresa que motivou operação policial contra Deolane Bezerra e Tirullipa

A empresa que motivou a operação se chama Betzord e contrata famosos para divulgar seus produtos

Nessa quinta-feira (14), os noticiários dos famosos e policias estamparam uma operação policial nas mansões de Deolane Bezerra e Tirullipa. No caso da viúva do MC Kevin, artigos de luxo foram levados pelos policiais. Já na casa do humorista, a polícia encontrou dinheiro em espécie durante as buscas.

A motivação das buscas foi a relação de ambos com a empresa Betzord, que é alvo de uma investigação do Ministério Público de São Paulo por suposto crime contra a economia popular. Segundo informações divulgadas pelo colunista Leo Dias, do site Metrópoles, a Betzord é o nome fantasia da Primontent (empresa do mesmo segmento), que tem como sócios Lucas Tylty, Matheus Gomes e Rafael Gomes.

A empresa atua captando investidores por meio de publicidades na internet e para isso utilizar a figura de diversos famosos, a exemplo de Ronaldinho Gaúcho, além dos investigados. A proposta é um curso técnico para apostas esportivas e que em alguns casos chegou a ser anunciado que os investidores poderiam ficar ricos fazendo as apostas.

De acordo com a publicação, a técnica utilizada para atrair o público é oferecer 7 dias grátis para que as pessoas se sintam seguras em comprar o produto com cartão de crédito. Quem assina também ganha um robô pronto para estimular essas apostas 24 horas por dia.

Ainda segundo o colunista, o caso de Tirullipa é diferente em relação aos outros famosos que tiveram a imagem associada à empresa. Isso porque ele teria se dado conta do negócio duvidoso e interrompeu a divulgação, que chegou a ser realizada apenas em setembro do ano passado.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads