Brasil

Saiba como vai funcionar o empréstimo consignado do Auxílio Brasil

Em | Da Redação

Atualizado em

Saiba como vai funcionar o empréstimo consignado do Auxílio Brasil
Foto: reprodução internet

Foto: reprodução internet

Quando vai ser pago o empréstimo do Auxílio Brasil? Onde fazer o empréstimo? É recorrente que muitas dúvidas surjam na cabeça dos beneficiários quanto ao tema. Abaixo, veja tudo que se sabe sobre o empréstimo consignado até agora.

Criado no fim de 2021 para substituir o Bolsa Família, o Auxílio Brasil é um programa de distribuição de renda que, mensalmente, é pago para cerca de 20 milhões de brasileiros. A grande expectativa por boa parte dos que recebem é da liberação do empréstimo do Auxílio Brasil.

A modalidade foi sancionada pelo Presidente da República ainda no início do mês de agosto, em meio a críticas, uma vez que pode comprometer a renda já baixa dos que recebem os pagamentos.

Mesmo com os riscos de comprometimento de renda, o que pode gerar endividamento excessivo, é do interesse de muitos que recebem as parcelas do programa realizar o empréstimo.

O crédito consignado do Auxílio Brasil é, em resumo, uma nova oportunidade de crédito consignado para quem recebe o Bolsa Família 2022.

Está previsto que o valor solicitado pelo beneficiário seja descontado da própria folha de pagamento do programa. O valor descontado é de 40% do benefício.

Desta vez, essa modalidade também irá contemplar quem faz parte do BPC (Benefício de Prestação Continuada) – o empréstimo BPC.

Apesar da aprovação do empréstimo consignado para aqueles que recebem o Auxílio Brasil, o projeto ainda segue para regulamentação para que maiores detalhes sejam divulgados.

O que se sabe até agora é que o ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, afirmou em agosto que o empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil está previsto para começar em setembro. Ele, porém, não cravou um data.

“Já temos quase 17 instituições financeiras homologadas pelo Ministério da Cidadania aptas à concessão do empréstimo consignado. É um número que mostra o interesse do mercado em estar disponibilizando o crédito para essa população”, disse Bento, durante coletiva, no Palácio do Planalto.

Banco do Brasil, BNB, Daycoval, Inter, Mercantil e Alfa estão estudando a possibilidade de disponibilizar o crédito.

Já os bancos Agi, Banco Pan e Caixa Econômica Federal confirmaram que vão oferecer empréstimo do Auxílio Brasil.

Segundo o Banco Agi, a liberação da modalidade está confirmada. “O Agi já oferece crédito consignado para beneficiários do INSS e agora passa a oferecer também para beneficiários do Auxílio Brasil”, disse a instituição.

Até então, porém, não há uma data determinada para que o empréstimo do Auxílio Brasil caia na conta dos beneficiários que solicitem o crédito consignado. Mas há outras formas de ter acesso a crédito e você confere nesta matéria.

VALOR DO EMPRÉSTIMO AUXÍLIO BRASIL

A Medida Provisória (MP) 1106/2022, que autoriza que os integrantes do Auxílio Brasil comprometam até 40% do benefício para o pagamento do empréstimo consignado. Portanto, agora só falta a sanção presidencial.

Quem recebe BPC (Benefício de Prestação Continuada) também passa a poder contratar crédito consignado, comprometendo até 45% dos pagamentos com os descontos mensais automáticos.

No entanto, vale atentar para os riscos de solicitar o empréstimo do Auxílio Brasil. Isso porque o valor é descontado diretamente das parcelas dos beneficiários, o que pode comprometer ainda mais a renda e gerar endividamento.

TEM COMO SOLICITAR EMPRÉSTIMO PELO CAIXA TEM?

Apesar do empréstimo Auxílio Brasil ainda não ter sido liberado, outra modalidade de crédito pode ser solicitada: o Empréstimo Caixa, que pode ser solicitado por pessoas físicas e jurídicas.

PESSOA FÍSICA

Para pessoas físicas, poderão ser realizados empréstimos no valor de R$ 300 a R$ 1.000. O prazo para pagar é de até 24 meses e os juros são de 1,95% ao mês.

Para realizar a solicitação do crédito consignado Caixa, é necessário ter interesse em empreendimentos, mesmo aqueles informais.

PESSOA JURÍDICA E MEI

Já pessoas jurídicas e Microempreendedores Individuais (MEIs) têm direito a até R$ 3.000 de empréstimo. O prazo é o mesmo: 24 meses. No entanto, os juros são um pouco maiores: 1,99% ao mês.

Negativados (ou seja, quem tem “nome sujo” no SPC Brasil ou Serasa) também podem solicitar o empréstimo

Da redação do PortalPE10,com informações são da Rádio Jornal 

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads