Logo Folha de São Paulo
Brasil

Risco de colapso em mina da Braskem em Maceió, faz hospital transferir pacientes

Unidade está localizada em área de encosta, e direção adotou medida por precaução; Braskem diz que paralisou atividades

Em | Da Redação com informações de Folha de São Paulo

Atualizado em

Risco de colapso em mina da Braskem em Maceió, faz hospital transferir pacientes
Unidade está localizada em área de encosta, e direção adotou medida por precaução; Braskem diz que paralisou atividades

Com o risco de desabamento de uma mina da Braskem em Maceió, um hospital precisou ser esvaziado e seus pacientes foram transferidos para outras unidades.

A ação começou na noite desta quarta-feira (29). O Hospital Sanatório está localizado no bairro do Pinheiro, um dos cinco afetados pelas ações da mineradora, e vizinho ao bairro Mutange, onde está localizada a mina 18.

“Garantiremos a continuidade, em outros serviços, dos pacientes submetidos rotineiramente a sessões de hemodiálise nas dependências de nosso hospital”, disse, em nota, o Hospital Sanatório.

A Defesa Civil de Maceió considera iminente o risco de colapso. O município está em estado de emergência por 180 dias, conforme decreto do prefeito João Henrique Caldas (PL).

O hospital está localizado em uma área de encosta e, por causa disso, a direção resolveu adotar a medida de segurança.

O Pinheiro, contudo, não foi evacuado pela Defesa Civil. Nesta quarta (29), os bairros de Bebedouro e Bom Parto receberam a recomendação, e a população afirma que houve uso da força para a retirada de moradores.

Cerca de 23 residências ainda estão ocupadas no bairro do Mutange por falta de acordo com a Braskem. As famílias realocadas estão sendo levadas para escolas.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads