Brasil

Relator avisa que vai tirar ‘taxa das blusinhas até US$ 50’ de projeto no Senado

Relator decide tirar criação da 'taxa das blusinhas' de projeto

Em | Da Redação

Atualizado em

Relator avisa que vai tirar ‘taxa das blusinhas até US$ 50’ de projeto no Senado

O relator do projeto que cria o Programa Mobilidade Verde e Inovação (Mover), senador Rodrigo Cunha (Podemos-AL), afirmou nesta terça-feira (4) que vai tirar da proposta o trecho que prevê a retomada da taxação federal sobre importações de até US$ 50 – a chamada “taxa das blusinhas”.

Cunha disse que a tributação dessas compras internacionais é “estranha” à proposta original sobre o Mover, apresentada pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em dezembro passado.

“Não é o momento ideal. Não é taxar as blusinhas que vai melhorar o país de uma hora para outra”, afirmou Rodrigo Cunha durante entrevista

De acordo com Cunha, a mudança foi debatida com o governo e senadores, que se demonstraram contrários à taxação das chamadas “comprinhas”.

Fim da isenção foi incluída pela Câmara em projeto sobre incentivo a veículos sustentáveis.

O parlamentar alagoano disse que a tributação das “blusinhas” deve ser tratada de forma “apartada”, ou seja, em outra proposta. Ele não deu uma previsão de quando o Senado voltará a discutir o tema.

O projeto que cria o Mover, um programa de incentivo à produção de veículos sustentáveis, é o primeiro item da pauta da sessão do Senado desta terça-feira (4).

Na semana passada, a Câmara dos Deputados aprovou a proposta e incluiu, no projeto, um trecho que acabaria com a isenção de imposto para compras internacionais de até US$ 50 – ou R$ 260. Desde agosto de 2023, essas operações estão isentas de taxação

 

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads