Pernambuco

Raquel Lyra decreta sigilo de 5 anos sobre a quantidade de efetivo da PM distribuídos por batalhão

Atualmente a PM tem cerca de 16 mil policiais na ativa. O ideal seria pelo menos 27 mil

Em | Da Redação

Atualizado em

Raquel Lyra decreta sigilo de 5 anos sobre a quantidade de efetivo da PM distribuídos por batalhão
Raquel Lyra

A gestão da governadora de Pernambuco Raquel Lyra (PSDB) decretou sigilo de cinco anos com relação às informações sobre o efetivo da Polícia Militar de Pernambuco. O termo de classificação entrou em vigor no último dia 10.

O grau de sigilo consta como “reservado”, segundo a Coluna Segurança do JC Online e, desta forma, a população não terá, durante os próximos cinco anos, acesso às informações sobre a quantidade de policiais militares distribuídos por batalhão ou por órgão público vinculado à Secretaria de Defesa Social.

Pernambuco consolida e aprofunda a redução de roubos e homicídios

Segundo o texto da delegada Natália Barbosa, o acesso ou a divulgação indiscriminada das informações sobre o efetivo “pode atentar contra a segurança da população, prejudicar ou causar risco a planos ou operações estratégicos de órgãos de segurança pública do Estado, prejudicar ou causar risco a sistemas, bens, instalações ou áreas de interesse estratégico estadual, pôr em risco a segurança de instituições estaduais, além de comprometer atividades de inteligência”.

 

A Secretaria de Defesa Social informou que a PM está “com o menor efetivo dos seus 197 anos de história” com, atualmente, cerca de 16 mil policiais na ativa. O ideal seria pelo menos 27 mil agentes.

O esperado é que a tucana autorize, nas próximas semanas, a abertura de editais para concursos públicos na área da segurança. 

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads