Brasil

Quem pedir restituição via PIX pode ‘furar fila’ do Imposto de Renda

Em | Da Redação

Atualizado em

Quem pedir restituição via PIX pode ‘furar fila’ do Imposto de Renda
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

A restituição do Imposto de Renda 2023 começará a ser paga ainda durante o período de entrega da declaração, que vai de 15 de março a 31 de maio. Neste dia, será liberado o primeiro lote da restituição, conforme regras divulgadas nesta segunda-feira. Neste ano, a Receita vai incluir nas prioridades os contribuintes que utilizarem a declaração pré-preenchida ou optarem por receber a restituição via Pix.O primeiro lote é destinado, principalmente, a idosos com 80 anos ou mais, idosos com 60 anos ou mais, deficientes, portadores de doenças graves e contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Os contribuintes que vão receber a restituição via Pix ou que fizerem a declaração pré-preenchida entrarão no primeiro lote, após essas prioridades.

Está inadimplente? Veja como renegociar dívida no Feirão Serasa Limpa Nome
Vale lembrar que o “desempate” para o pagamento da restituição é a data e hora da entrega da declaração, sempre respeitando a hierarquia das prioridades legais e disponibilidade orçamentária.

E, para garantir o pagamento até o final de maio, a Receita recomenda que a declaração seja entregue até 10 de maio, para quem é prioridade.

— Como o primeiro lote de restituição é em 31 de maio, e como precisamos encaminhar as informações aos bancos, muito provavelmente as declarações entregues até o dia 10 de maio das pessoas que são prioridades legal estarão nesse lote. As entregas posteriores, mesmo de pessoas com prioridade legal, muito provavelmente estarão em outro lote — explica o auditor fiscal José Carlos da Fonseca, responsável pelo programa do Imposto de Renda 2023.

 

 

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads