Brasil

Quem era Ielly Gabriele, jovem que filmou a própria morte com tiro disparado pelo namorado

Diego Fonseca disse que cometeu o crime "sem querer", pois achava que não havia munição na arma

Em | Da Redação

Atualizado em

Quem era Ielly Gabriele, jovem que filmou a própria morte com tiro disparado pelo namorado
Ielly Gabriele Alves em Jataí, Goiás — Foto: Reprodução/Redes sociais

Ielly Gabriele Alves, de 23 anos, foi morta a tiros, no último sábado (4/11), pelo próprio namorado. O caso, que aconteceu em Jataí, no sudoeste goiano, chocou o país. A vítima gravou o momento exato em que foi atingida pelos disparos.

Autor do feminicídio, Diego Fonseca Borges, de 27 anos, chegou a mentir para a Polícia Militar sobre a dinâmica do crime — no entanto, o vídeo que registrou o assassinato foi encontrado no celular da vítima, e o rapaz acabou preso.

Por meio das redes sociais, uma amiga de Ielly publicou prints em que ela alerta a vítima após tomar conhecimento das ameaças feitas por Diego. “Se ele te ameaçar e triscar em você de novo, faz medida protetiva. É assim que a maioria dos feminicídios acontece”, disse.

Ao portal G1 a amiga da vítima contou que a conversa ocorreu há cerca de um mês. Na ocasião, Diego e Ielly estavam separados, e o jovem foi atrás da ex-namorada em uma festa. Ele teria se alterado por não conseguir entrar no local. A amiga contou que, mais tarde, Diego chegou a invadir a casa da mãe de Ielly enquanto a jovem tomava banho.

“Ele batia na Ielly demais. Ela já apareceu com ferimentos de mais de 20 centímetros no corpo”, completou a amiga.

Também por meio da internet, a amiga homenageou Ielly. De acordo com ela, a vítima era um “exemplo de força e determinação”.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads