Brasil

Prisão de Chiquinho Brazão: veja como votou cada deputado de Pernambuco

Integrantes do União Brasil, PP, Republicanos e PL tentaram derrubar a decisão do STF

Em | Da Redação

Atualizado em

Prisão de Chiquinho Brazão: veja como votou cada deputado de Pernambuco
Foram 277 votos pela manutenção da prisão.

Nesta quarta-feira (10), a Câmara dos Deputados decidiu manter a prisão do deputado Chiquinho Brazão (RJ), acusado de ser um dos mandantes do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e do motorista Anderson Gomes.

A votação acabou com 277 votos a favor da manutenção da prisão, 129 contrários e 28 abstenções, em um placar considerado apertado, visto que houve apenas 20 votos a mais que o necessário.

Para ratificar a decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, eram necessários pelo menos 257 votos.

Veja a seguir como votou a bancada de Pernambuco na Câmara dos Deputados.

A maior parte da bancada estadual votou para manter a prisão de Chiquinho Brazão. Houve, contudo, votos contrários, abstenções e ausências na votação.

André Ferreira, Coronel Meira, Fernando Rodolfo e Pastor Eurico, do PL, votaram contra. Eduardo da Fonte (PP) e Waldemar Oliveira (Avante) se abstiveram. 4 faltaram.

Entre as abstenções, está o deputado Waldemar Oliveira (Avante), que mudou de posição ao decorrer do dia. Mais cedo ele havia votado pela manuntenção da prisão de Brazão na CCJ da casa.

 

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads