Brasil

Primeiro transplante de coração é feito pela equipe do Procape, da UPE, após 20h de trabalho

Em | Da Redação

Atualizado em

Primeiro transplante de coração é feito pela equipe do Procape, da UPE, após 20h de trabalho
Foto: Reprodução Internet

A equipe do Pronto-Socorro Cardiológico Universitário de Pernambuco Professor Luiz Tavares (Procape) conseguiu dar a um paciente uma nova chance. Nesta semana, foi feito o primeiro transplante de coração da unidade, situada em Santo Amaro, na área central do Recife.

Foram, ao todo, 20 horas de trabalho que incluíram estratégia, discussão clínica, captação do órgão e a cirurgia de transplante cardíaco em si. Bem sucedido, o procedimento fez um novo coração pulsar sem intercorrências.

Mais detalhes sobre o procedimento serão dados em coletiva de imprensa às 15h desta terça-feira (28) pelo hospital, vinculado à Universidade de Pernambuco (UPE).

O Procape estava apto a realizar a cirurgia desde 3 de novembro de 2021, desde que um órgão estivesse disponível para atender aos pacientes em fila de espera, cadastrados junto à Central de Transplantes de Pernambuco (CT-PE). O processo de credenciamento do Procape junto à CT-PE teve início em dezembro de 2017, como informou este JC pela coluna Saúde e Bem-estar, da repórter Cinthya Leite.

Atualmente, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), o procedimento é realizado também pelo Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip) e pelo Real Hospital Português (RHP). Nos setores privados e por convênio, o transplante cardíaco é feito pelo Jayme da Fonte e pelo Memorial São José.

Como funciona o procedimento?

A equipe responsável por um transplante de coração tem em torno de quatro horas para preparar o paciente e realizar o transplante do órgão doado. A cirurgia dura, em média, o mesmo período de tempo. O primeiro procedimento do tipo em Pernambuco foi realizado há mais de 30 anos.

Operando desde 1994 para regular a lista de receptores de órgãos, a Central de Transplantes de Pernambuco atualmente tem 14 pessoas na lista de espera para receber um novo coração.

Da redação do PortalPE10, com informações do JC Online.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads