Brasil

Prefeito afastado do município de Rio Largo é preso pela Polícia Federal

Em | Da Redação

Atualizado em

Prefeito afastado do município de Rio Largo é preso pela Polícia Federal

Reprodução/Instagram

O prefeito afastado do município de Rio Largo, Gilberto Gonçalves (PP), foi preso, na manhã desta segunda-feira (22), pela Polícia Federal (PF) em Alagoas. Ele está sendo investigado em um esquema de desvios de recursos públicos federais, lavagem de dinheiro e organização criminosa com a utilização de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e do Sistema Único de Saúde (SUS).

Gilberto Gonçalves, e os secretários de Saúde, Finanças, Educação e Assistência Social, além de três servidores do município de Rio Largo, foram afastados dos cargos por serem suspeitos de desvio de cerca de R$ 20 milhões em verbas e lavagem de dinheiro, por meio do uso indevido do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e do Sistema Único de Saúde (SUS).

Eles foram alvo de uma operação da Polícia Federal no último dia 11, titulada como “Beco da Pecúnia”. Gonçalves havia sido afastado do mandato por 60 dias, por determinação do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5).

Matéria em Atualização 

 

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads