Pernambuco

Pomadas para cabelo:cliente deve denunciar pontos de venda

Em | Da Redação

Atualizado em

Pomadas para cabelo:cliente deve denunciar pontos de venda

Em razão do grande no número de pessoas hospitalizadas e apresentando reações oftalmológicas e dermatológicas após o uso de pomadas para trançar cabelos, neste final de semana, no Recife, o Procon Pernambuco está orientando os consumidores a denunciarem os pontos de venda do produto no estado, para que os locais possam prestar esclarecimentos.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização de pelo menos nove fabricantes da pomada, após os consumidores de vários estados registrarem relatos de irritação ocular, pálpebras inchadas e dores nos olhos, além de dificuldade para enxergar após o uso do produto. A lista completa está disponível no site do governo federal.

Na primeira quinzena de janeiro, o órgão de defesa do consumidor realizou uma série de fiscalizações na Região Metropolitana do Recife (RMR) para identificar locais que estivessem comercializando a pomada, mas nada foi encontrado nos 21 estabelecimentos vistoriados.

“Os estabelecimentos que estão comercializando esse material de forma irregular precisam ser identificados para que possamos cessar essas vendas e evitar que outras pessoas sejam lesadas e tenham sua saúde comprometida”, explica a secretária de Justiça e Direitos Humanos, Lucinha Mota.

As denúncias podem ser feitas ao Procon/PE de forma anônima, por ligação, e-mail ou Whatsapp, inclusive com a apresentação de fotos e vídeos, através dos seguintes canais: 0800.282.1512; [email protected] ou WhatsApp 3181-7000.

Da assessoria 

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads