Logo G1
Brasil

Polícia prende mãe e irmão de ‘ex-sinhazinha’ achada morta

Em | Da Redação com informações de G1

Atualizado em

Polícia prende mãe e irmão de ‘ex-sinhazinha’ achada morta
Djidja, a mãe Cleusimar Cardoso e o irmão, Ademar Cardoso. — Foto: Arquivo Pessoal

A Polícia Civil prendeu na tarde desta quinta-feira (30), em  Manaus, a mãe, o irmão e uma funcionária da ex-sinhazinha do boi-bumbá Garantido, Djidja Cardoso. Eles foram presos em cumprimento a mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça do Amazonas, que também decretou a prisão de outros dois funcionários do salão de beleza da família. A empresária foi encontrada morta na casa onde morava em Manaus, na terça-feira (28).

Os mandados são pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, e também pelo crime de estupro, em nome de Ademar Farias, irmão de Djidja.

De acordo com a Justiça, os mandados de prisão preventiva foram expedidos em nomes de:

  • Ademar Farias Cardoso Neto, irmão de Djidja Cardoso.
  • Cleusimar Cardoso Rodrigues, mãe de Djidja.
  • Verônica da Costa Seixas, gerente do salão de beleza Belle Femme.
  • Marlisson Vasconcelos Dantas, cabeleireiro do mesmo salão.
  • Claudiele Santos da Silva, maquiadora do mesmo salão.

A polícia investiga as circunstâncias da morte de Djidja, mas não relevou detalhes.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads