Política

Policia Federal quer ouvir Jair Bolsonaro e Michelle na investigação sobre joias

Em | Da Redação

Atualizado em

Policia Federal quer ouvir Jair Bolsonaro e Michelle na investigação sobre joias

 

Após o ministro da Justiça, Flávio Dino, garantir que vai acionar a Polícia Federal (PF) para apurar o caso das joias que o governo Bolsonaro tentou trazer ilegalmente para o Brasil para a ex-primeira-dama, Michelle Bolsonaro, a PF já avalia colher o depoimento do casal.

No último sábado (04), o Ministério Público Federal (MPF) em Guarulhos foi acionado pela Receita Federal para apurar o caso. Com informações e imagens dos bens apreendidos no aeroporto internacional de São Paulo, em outubro de 2021, a representação foi distribuída para uma procuradora do MPF na cidade. As peças, avaliadas em mais de R$ 16,5 milhões, seriam um presente do governo da Arábia Saudita para Michelle.

Desde que as peças foram apreendidas, houve ao menos oito tentativas do governo do ex-presidente Jair Bolsonaro de recuperar os itens, mas a Receita Federal não atendeu aos pedidos.

De acordo com Dino, o caso pode configurar crimes de descaminho, peculato e lavagem de dinheiro. Peças foram apreendidas pela Receita porque não foram declaradas.

A previsão é que o inquérito seja instaurado nesta segunda-feira (06) e seja conduzido pela Superintendência do órgão em São Paulo, mas, segundo informações do O Globo, o depoimento do casal Bolsonaro seria um dos últimos passos da apuração que será conduzida pela PF.

Inicialmente, os primeiros depoimentos seriam os dos funcionários da Receita Federal que tiveram envolvimento com a apreensão das peças, em seguida do ex-ministro Bento Albuquerque, seu ex-auxiliar Marcos Soeiro, que trouxe as peças, e as demais autoridades envolvidas nas tentativas de reaver o conjunto de diamantes também devem ser ouvidas.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads