Brasil

Polícia Civil prende ex-funcionário do Bradesco por desvio de quase R$ 400 mil

Em | Da Redação

Atualizado em

Polícia Civil prende ex-funcionário do Bradesco por desvio de quase R$ 400 mil
Desvio ocorreu durante 10 meses em 2021.

A Polícia Civil de Alagoas prendeu o ex-funcionário do Banco Bradesco pelo desvio de R$ 380 mil ao longo de 10 meses em 2021. A prisão ocorreu na quarta-feira (29) e coordenada pela Seção Especializada no combate a Roubos de Bancos (SERB/DEIC). Ele confessou os crimes e disse que foi demitido após o banco constatar a fraude.

Os mandados de prisão, busca e apreensão foram expedidos pelo juiz titular da 4° Vara Criminal da Capital, Josemir Pereira de Souza.

O ex-funcionário será indiciado por furto qualificado pelo abuso de confiança e uso de documento falso.

Polícia Civil prendeu ex-funcionário de banco — Foto: PC-AL

Entre os meses de janeiro e novembro de 2021 foi verificado um desfalque de aproximadamente R$ 380 mil, fruto das manipulações criminosas do ex-funcionário. Foi verificado uma divergência expressiva entre os registros contábeis da agência e o numerário físico existente em caixa só foi descoberto quando houve uma inspeção geral para conferência, normalmente ocorrida às vésperas das férias dos funcionários.

Também chamou a atenção dos investigadores o fato de o ex-funcionário estar frequentando as dependências da agência bancária no pleno período de gozo das suas férias, inclusive com manipulação do sistema através de sua senha.

Segundo a polícia, o Banco Bradesco auxiliou nas investigações, fornecendo vasta documentação comprobatória da subtração indevida dos valores, bem como da manipulação de dados no sistema de informações do banco, a fim de ludibriar os inspetores durante as fiscalizações rotineiras. As informações são do G1

Foram anexados ao inquérito os prints e imagens de câmeras de segurança, que mostram o ex-funcionário preso manipulando com sua senha de supervisor administrativo as fechaduras eletrônicas dos terminais de autoatendimento, bem como realizando intervenções nos caixas com o objetivo de simular abastecimentos e viabilizar recolhimentos em espécie, com lançamentos contábeis realizados através do painel operador.

Durante as investigações, os policiais tomaram conhecimento de que ele apresentou o resultado falso de um teste de Covid. O exame mostrava que ele estava com a doença, mas foi verificado junto ao hospital que o resultado do exame foi negativo.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads