Logo Metrópoles
Brasil

Bombeiro Militar furta arma de quartel e mata a ex-namorada e os 2 filhos dela

Homem invadiu a casa da ex-namorada, em Apiaí (SP), e disparou pelo menos sete vezes nas três vítimas.

Em | Da Redação com informações de Metrópoles

Atualizado em

Bombeiro Militar furta arma de quartel e mata a ex-namorada e os 2 filhos dela
Um vizinho que chegava do trabalho afirmou, em depoimento à Polícia Civil, ter visto o bombeiro conversando com a mulher, instantes antes do crime.. Reprodução/Redes Sociais

O bombeiro militar Ednei Antonio Vieira é suspeito de matar a namorada e os dois filhos dela, de 12 e 20 anos, em Apiaí, interior de São Paulo, na quinta-feira (16). O homem, de 42 anos, primeiro furtou uma arma no quartel onde estava lotado e em seguida cometeu os homicídios.

Josilene Paula de Rosa, de 39 anos, recebeu o bombeiro em sua casa à noite, por volta de 21h. De acordo com depoimentos de vizinhos, o suspeito estava conversando com a mulher, instantes antes do triplo assassinato. Segundo informações divulgadas pelo portal Metrópoles, uma testemunha afirmou que ouviu a vítima falar que não queria mais namorar.

Depois do bombeiro saber que a mulher não queria mais ficar com ele, o homem foi até a corporação, furtou a arma e voltou para casa de Josilene. Depois que ele retornou para residência da mulher, vizinhos afirmaram terem ouvido pelo menos sete disparos e gritos, e acionaram a Polícia Militar.

Um vizinho que chegava do trabalho afirmou, em depoimento à Polícia Civil, ter visto o bombeiro conversando com a mulher, instantes antes do crime.. Reprodução/Redes Sociais

Os militares ao chegarem na casa de Josilene viram um cenário de destruição. A mulher morta, atrás da porta do quarto, com três tiros que atingiram seu peito. O filho mais novo dela, Arthur Franco Rodrigues Cardoso, de 12 anos, estava no corredor próximo ao quarto, ferido com três tiros usando um pijama. E o Gabriel Henrique da Rosa Miranda, 20, na cozinha também com três tiros nas regiões do abdômen, tórax e ombro.

Homem fugiu

O bombeiro saiu mancando da casa, segundo vizinhos, e usou o carro para escapar do local do crime. Segundo a polícia, o bombeiro estaria de folga e estacionou seu carro, modelo Astra, próximo à casa da vítima.

O veículo já foi encontrado, batido e abandonado a 61 km de distância do local do crime.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads