Brasil

PM atira dentro de hospital após pedir atestado médico e não receber

O policial foi liberado após pagamento de fiança e teve a arma recolhida.

Em | Da Redação

Atualizado em

PM atira dentro de hospital após pedir atestado médico e não receber
Policial atira dentro de hospital após ficar descontente por não ter recebido atendimento médico — Foto: Reprodução/Maracanaú News

Um policial militar atirou dentro de um hospital em Pacatuba (CE), após um médico que o atendia no local não fornecer um atestado de saúde que o agente pediu. O militar foi preso na noite de sexta-feira (1º), liberado após o pagamento de fiança e teve a arma recolhida.

O fato aconteceu no Hospital Municipal Raimundo Célio Rodrigues. De acordo com informações do G1, o homem não chegou ferido ou doente na unidade de saúde, mas exigiu que o médico plantonista fornecesse o atestado médico mesmo assim.

A Polícia Militar foi acionada e prendeu o soldado. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Assuntos Internos (DAI) da Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública (CGD).

Em nota, a Polícia Militar disse que o agente estava de folga e à paisana, e foi autuado no artigo 15 do Estatuto do Desarmamento, que prevê pena de prisão de 2 a 4 anos e multa para quem disparar arma de fogo em via pública ou em um lugar com pessoas

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads