Política

PF quebra senhas e acessa dados dos 4 celulares do advogado de Bolsonaro

Advogado de Jair Bolsonaro não forneceu senhas dos quatro aparelhos apreendidos pela PF. Um dos celulares era utilizado exclusivamente para contato com ex-presidente.

Em | Da Redação

Atualizado em

PF quebra senhas e acessa dados dos 4 celulares do advogado de Bolsonaro
Advogado de Jair Bolsonaro não forneceu senhas dos quatro aparelhos apreendidos pela PF. Um dos celulares era utilizado exclusivamente para contato com ex-presidente.

A Polícia Federal conseguiu nesta segunda-feira (21) acessar os dados de quatro celulares de Frederick Wassef, advogado do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), apreendidos na semana passada.

Segundo investigadores, o advogado não forneceu as senhas dos aparelhos, mas, com técnicas de perícia, foi possível ter acesso às informações.

“Ele não deu as senhas. Nossa equipe quebrou as senhas e acessou o conteúdo”

Dos quatro aparelhos, que foram apreendidos em São Paulo na última quarta-feira (16), um era utilizado exclusivamente para conversas com Bolsonaro.

Com a quebra das senhas, os peritos da PF passarão a analisar o conteúdo das mensagens e arquivos existentes no aparelho.

Na última terça-feira (15), Frederick Wassef confirmou ter recomprado, com dinheiro vivo, nos Estados Unidos, um relógio Rolex dado de presente a Bolsonaro em viagem oficial à Arábia Saudita.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads