Brasil

Pastor é preso após exigir sexo de fiel de 20 anos “por salvação”

Em | Da Redação

Atualizado em

Pastor é preso após exigir sexo de fiel de 20 anos “por salvação”
As investigações apontam que o pastor exigiu sexo de fiel de 20 anos “por salvação”: “Eu que respondo suas orações, burra”

 

A Polícia Civil do Estado de Goiás cumpriu mandado de prisão preventiva contra um pastor evangélico acusado de abuso sexual mediante fraude contra uma fiel, em Goiânia (GO).

As investigações apontam que o líder religioso, de 41 anos, se utilizou de fraude religiosa para manter relação sexual com a mulher de 20 anos. O autor do crime a convenceu a acompanhá-lo a um hotel de luxo e praticar conjunção carnal, sob o pretexto da salvação de sua alma e de seu marido.

O pastor, que atuou por 7 anos em uma igreja de Goiânia, dizia ser Deus e utilizava da fé da jovem para aterrorizá-la. Em mensagens de WhatsApp divulgadas pela polícia, ele afirma ser “o senhor dos exércitos” e o “criador dos céus e da Terra”

As investigações apontam que o pastor exigiu sexo de fiel de 20 anos “por salvação”: “Eu que respondo suas orações, burra”

Na troca de mensagens, após a mulher recusar acompanhar o pastor novamente ao hotel, ele afirma que o marido seria morto a mando de Deus, e que a vítima e filha não seriam “salvas”. Confira trecho das mensagens divulgado pela polícia:

Após relatar o abuso a familiares, a mulher descobriu que a cunhada também foi alvo das investidas do líder religioso. As duas procuraram a 1ª Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Goiânia, onde correram as  investigações.

relacionados quantidade=”5″]

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads