Brasil

Para reforçar segurança em presídios federais, Ministério da Justiça pede convocação de concursados

Documento com a solicitação foi encaminhado ao Ministério da Gestão; atualmente há 900 aprovados em concurso para agente penal

Em | Da Redação

Atualizado em

Para reforçar segurança em presídios federais, Ministério da Justiça pede convocação de concursados
O Ministério da Justiça e Segurança Pública encaminhou, nesta sexta-feira (16), um documento ao Ministério da Gestão solicitando a contratação de agentes de execução penal — responsáveis pela segurança dos presídios federais.
 
“Diante da veemente necessidade de comunhão de esforços dos órgãos federais para o enfrentamento de organizações criminosas, que ainda persistem em colocar em risco à incolumidade do sistema prisional brasileiro”, diz o texto assinado pelo secretário-executivo da pasta, Manuel Carlos de Almeida Neto.
 
Na quinta-feira (15) o ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, anunciou que faria a solicitação de contratação imediata de 80 agentes do cadastro reserva de aprovados no último concurso para a carreira, realizado em 2020.
 
Para justificar a demanda foram listados fatos relacionados à fuga de dois detentos da Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte.
 
“A solicitação ainda encontra supedâneo na necessidade de otimização dos procedimentos e medidas de segurança dentro das Unidades Penitenciárias Federais, a fim de coibir, de forma efetiva e eficiente, quaisquer tentativas de evasão que possam vir a ser arquitetadas e orquestradas pelos líderes das organizações criminosas”, completa o pedido.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads