Brasil

Oito cachorros são roubados por dia no Brasil;‘pets’ chegam a ser vendidos por até R$ 4.500

Em | Da Redação

Atualizado em

Oito cachorros são roubados por dia no Brasil;‘pets’ chegam a ser vendidos por até R$ 4.500
A pesquisa aponta, ainda, que a raça Shih-tzu é a mais cobiçada pelos infratores

A pesquisa aponta, ainda, que a raça Shih-tzu (Foto) é a mais cobiçada pelos infratores

Entre janeiro de 2020 e outubro de 2022, 8.262 cachorros foram roubados no Brasil, segundo levantamento da plataforma HelloSafe Brasil. Isso quer dizer que, por dia, oito cães são levados de suas casas no país.

Os responsáveis pelo estudo destacam a chance de subnotificação: o número pode ser consideravelmente maior, uma vez que muitos donos não acreditam que o animal tenha de fato sido levado por criminosos e pensam que apenas fugiu de casa.

Nesta modalidade de crime, os preços dos ‘pets’ roubados podem variar entre R$ 500 e R$ 4.500.

A pesquisa aponta, ainda, que a raça Shih-tzu é a mais cobiçada pelos infratores. Pitbull, Spitz Alemão, Pug e Pinscher, nesta ordem, aparecem em seguida.

SP lidera ranking

Dos mais de oito mil roubos de cães em quase dois anos, 1.350 ocorreram em São Paulo, estado que lidera o ranking deste tipo de delito.

Em sequência, estão Santa Catarina (1.133), Rio Grande do Sul (722), Paraná (684) e Rio da Janeiro (552).

O principal fator para que grande parte das ocorrências tenha sido em cidades paulistas é a população, mas não o único, explica Gabriella Maciel, representante da pesquisa

“A facilidade de acesso ao local de denúncia. Então, em São Paulo, principalmente na capital, as pessoas conseguem ir com facilidade a um centro policial para registrar essa ocorrência, então pode influenciar nesse registro”, afirma.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads