Brasil

Neoenergia oferece descontos de até 90% para dívida na conta de luz

Concessionária de energia elétrica de Pernambuco disse que oportunidade de renegociação vai até o dia 31 de março

Em | Da Redação

Atualizado em

Neoenergia oferece descontos de até 90% para dívida na conta de luz
. Toda energia não medida será cobrada do cliente de forma retroativa, conforme determinações da legislação do setor elétrico.

Consumidores que tenham débitos com a conta de luz têm a oportunidade de se regularizar. Até 31 de março, a Neoenergia Pernambuco está oferecendo até 90% de desconto no valor da dívida e/ou a possibilidade de parcelamento em até 60 parcelas para os devedores que se enquandram nos requisitos do Desenrola Brasil – programa de renegociação de dívidas e de educação financeira do Governo Federal.

Podem participar da negociação as pessoas que possuem renda de até dois salários-mínimos ou inscritas no CadÚnico, e que possuem débito negativado entre 1º de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2022. “Poderá ser negociado até R$ 5 mil por devedor, considerando o somatório das dívidas financiadas. O consumidor terá a possibilidade de parcelar o débito em até cinco anos, sem necessidade de entrada, e com o vencimento da primeira parcela 30 dias após a efetivação da negociação”, informou a concessionária de energia.

De acordo com a Neoenergia, todo o processo deve ser realizado digitalmente, por meio do site desenrola.gov.br. Os clientes devem ter cadastro na plataforma GOV.BR e possuir uma conta nível Prata ou Ouro. A conta é gratuita e necessária para comprovar a identidade do cidadão. Para os inadimplentes que não se encaixam nos critérios do Desenrola Brasil, é possível parcelar os débitos em até 21 parcelas no cartão de crédito com a mesma taxa de juros de financiamento do programa federal (1,99% a.m.) e um desconto de até 90% pela Flexpag.

INADIMPLÊNCIA

Em 2023, 423 mil pernambucanos encerraram o ano endividados, dos quais 164 mil estavam inadimplentes, conforme revelado pelo recorte local feito pela Fecomércio-PE sobre a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), elaborada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo.

De acordo com a Fecomércio-PE, a média ao longo de 2023 foi de 430 mil pessoas endividadas, representando um aumento de 2,2% em relação a 2022. Além disso, o número médio de inadimplentes em Pernambuco foi de 169 mil no ano passado, um aumento de 8,5% em comparação com 2022.

Em relação às dívidas mais frequentes, o recorte demonstrou que, entre as famílias pernambucanas com renda de até 10 salários mínimos, o cartão de crédito lidera (92,8%), seguido por carnês (28%) e crédito pessoal (6,8%).

Já para as famílias com renda superior a esse estrato, os tipos de dívidas mais prevalentes são cartão de crédito (97,3%), financiamento de automóveis (22%), carnês (21,4%) e financiamento imobiliário (11%). O tempo médio de comprometimento do orçamento familiar com dívidas em Pernambuco foi de 8 meses.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads