Entretenimento

Na volta do Carnaval do Recife, Caetano Veloso canta no Marco Zero

Em | Da Redação

Atualizado em

Na volta do Carnaval do Recife, Caetano Veloso canta no Marco Zero

Depois de dois anos, a poesia e o colorido do povo nas ruas, finalmente, voltaram a ocupar o Bairro do Recife. A abertura do carnaval 2023, na noite desta sexta (17), foi marcada pela emoção dos milhares de foliões que lotaram o Marco Zero para matar a saudade festa interrompida pela pandemia.

Uma celebração coletiva que foi embalada por grande encontros de expoentes da música nacional, como Caetano Veloso, Geraldo Azevedo, Chico Cesar, Alceu Valença e Elba Ramalho.

“Em larga medida, o carnaval da Bahia é uma eterna homenagem grata ao carnaval do Recife”, reverenciou.As informações são do G1

A declaração foi dada pela atração mais esperada pelo público: Caetano Veloso subiu ao palco por volta das 23h30, com mais de uma hora de atraso.

No repertório, o baiano, que começou a apresentação com a canção dos anos 1960 “Você não entende nada”, fez as pessoas se emocionarem ao som de composições próprias de diferentes épocas.

 

Mais para o fim do show, que mesclou momentos com acompanhamento de uma banda e de voz e violão, o artista explorou seu lado mais carnavalesco, cantando a marchinha “Chuva, suor e cerveja” e o clássico do frevo pernambucano “Evocação nº 1”, de Nelson Ferreira.

Em um momento do espetáculo, Caetano chamou a cantora recifense Duda Beat, a última atração da noite. Juntos, eles cantaram “Sem samba não dá”, do álbum Meu Coco. “Te amo”, declarou a cantora para o artista.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads