Noticias

Mulher viaja para conhecer namorado, morre e tem os órgãos arrancados

Em | Da Redação

Atualizado em

Mulher viaja para conhecer namorado, morre e tem os órgãos arrancados

Blanca Arellano, uma mulher mexicana de 51 anos, deixou o seu país e viajou até o Peru para ficar perto do namorado que conheceu em um aplicativo de jogos online. Ao chegar no seu destino, ela foi morta pelo homem e teve o seus órgãos arrancados. A polícia descobriu o crime após encontrar um anel que pertencia à Blanca boiando no mar. A joia estava no dedo da vítima que foi decepado.

O principal suspeito do crime foi identificado como Juan Pablo Jesus Villafuerte Pinto, um estudante de medicina e biotecnologia de 37 anos que mora em Lima. Ele convenceu a mulher a viajar à capital peruana para que pudessem se conhecer melhor. A vítima ficou uma semana na cidade e, durante esse período, contou a uma sobrinha que estava gostando da estadia e apaixonada pelo namorado. Os familiares só perceberam que havia algo de errado quando ela deixou de fazer contato no dia 7 de novembro.

De acordo com o jornal “El País”, um anel de prata foi encontrado boiando no mar em Huacho, província ao norte de Lima. A joia estava incrustada em um dedo sem impressão digital de um corpo que havia sido desmembrado. Pescadores também encontraram uma cabeça com rosto desfigurado, um braço e um torso sem órgãos.

No dia 10 de novembro, a sobrinha da mexicana denunciou o desaparecimento de sua tia nas redes sociais. Em seguida, a polícia percebeu semelhanças entre o anel encontrado no mar com aquele que a vítima usava em fotos postadas em suas redes sociais. O suposto autor do crime foi preso na última quinta-feira (24). A polícia peruana diz que o estudante não é apenas acusado de feminicídio, mas também suspeito de tráfico de órgãos

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads