Noticias

Mulher é sequestrada, tem filho roubado no útero e depois é morta

Em | Da Redação

Atualizado em

Mulher é sequestrada, tem filho roubado no útero e depois é morta

Com informações do UOL 

Uma mulher grávida de 20 anos foi sequestrada para ter o filho roubado no útero e depois ser morta em Veracruz, no México. Rosa Isela era considerada desaparecida desde o dia 30 de novembro, segundo o jornal local El Universal.

O corpo da mulher foi encontrado no sábado (3) e sepultado nesta terça-feira (6), em meio a pedidos da Justiça. Rosa Isela estava grávida de nove meses e tinha recebido uma mensagem pelas redes sociais de uma mulher que supostamente oferecia doações de roupas para bebê.

O corpo de Rosa Isela foi encontrado no município de Medellín, a cerca de 20 km do local de onde ela havia sido vista pela última vez.

A polícia apreendeu duas pessoas suspeitas do crime. Os supostos assassinos foram identificadas como Gonzalo “N” e Verónica “N“, ambos estavam com uma criança recém-nascida, supostamente filha da Rosa Isela, quando foram apreendidos.

As autoridades mexicanas informaram que a criança recém-nascida está bem e recebendo amparo. O governador de Veracruz, Cuitláhuac García Jiménez, disse que Verónica “N” teria planejado o crime por meses e enganou a própria família, afirmando que estava grávida.

A suspeita teria se dirigido à Cruz Vermelha ensanguentada, fingindo ter dado à luz a criança, que na verdade foi roubada do ventre da vítima. Ela e o cúmplice responderão por tentativa de sequestro, roubo de criança e feminicídio.

As autoridades descartam a existência de rede de tráfico infantil, em meio às investigações do crime.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads