Brasil

Morto a tiros, Pedrinho Matador também teve pescoço cortado, diz boletim de ocorrência

Em | Da Redação

Atualizado em

Morto a tiros, Pedrinho Matador também teve pescoço cortado, diz boletim de ocorrência

 

O mineiro Pedro Rodrigues Filho, conhecido popularmente como Pedrinho Matador, foi assassinado a tiros e também teve o pescoço cortado, segundo informações do boletim de ocorrência divulgadas pela TV Diário, afiliada à Rede Globo na região de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, onde ocorreu o crime.

Considerado o maior serial killer brasileiro com condenações pelo assassinato de mais de 70 vítimas, o assassino em série, de 68 anos, foi morto na calçada em frente à casa de familiares na manhã deste domingo, 5.

Conforme informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), o crime aconteceu na rua José Rodrigues da Costa, no bairro da Ponte Grande, por volta das 10h.

Segundo familiares relataram à TV Diário, Pedrinho Matador morava atualmente na Baixada Santista, mas estava com frequência em Mogi das Cruzes para visitar a família. De acordo com a polícia, ele estava na calçada quando os criminosos chegaram em um carro, desceram do veículo e pediram que a prima dele entrasse dentro da casa.

Em seguida, eles fizeram disparos em direção do alvo. Depois, um dos suspeitos cortou o pescoço de Pedrinho Matador, que morreu ainda no local.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads