Brasil

Ministério Público Federal pede a prisão do apresentador Sikêra Jr

Em | Da Redação

Atualizado em

Ministério Público Federal pede a prisão do apresentador Sikêra Jr
Foto: Reprodução/YouTube/Sikera Junior

Foto: Reprodução/YouTube/Sikera Junior

Sikêra Júnior voltou a ter problemas na Justiça após suas falas durante o programa “Cidade em Ação”, na TV Arapuã, afiliada à emissora RedeTV na Paraíba. O Ministério Público Federal da Paraíba entrou com o pedido de prisão do apresentador, o acusando de ter cometido o crime de racismo.

O caso aconteceu em junho de 2018, quando o jornalista proferiu uma série de falas racistas e misóginas contra uma jovem negra custodiada pelo Estado. O MPF informou que ele extrapolou os limites da liberdade de expressão. “Pois praticou discriminação e preconceito racial de gênero por intermédio dos meios de comunicação social ou publicação de qualquer natureza, cuja pena é de reclusão de dois a cinco anos e multa”, informaram.

Vale lembrar que Sikêra já foi processado por Xuxa Meneghel. A loira o acusou de difamação, após o apresentador chamá-la de pedófila durante um programa na RedeTV!. Na ocasião, ele afirmou que a ‘rainha dos baixinhos’ queria “levar as crianças à travessura, prostituição e suruba” com seu novo livro por abordar a temática LGBTQIA+.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads