Brasil

Ministério da Fazenda anuncia volta de tributação de combustíveis com carga maior sobre gasolina

Em | Da Redação

Atualizado em

Ministério da Fazenda anuncia volta de tributação de combustíveis com carga maior sobre gasolina
Posto de combustíveis em trecho urbano da Rodovia Anchieta, em São Paulo – Rivaldo Gomes – 20.jul.2022/Folhapress

 

O Ministério da Fazenda confirmou nesta segunda-feira (27/2) a volta da cobrança dos impostos Pis/Cofins e Cide total sobre combustíveis, mais especificamente gasolina e etanol, com alíquotas diferentes. De acordo com a pasta, os combustíveis fósseis deverão ser mais onerados, devido ao impacto climático.

Apesar do anúncio, não há previsão em torno da alíquota a ser cobrada sobre cada combustível, a chamada “modelagem”. Mas a expectativa é de uma recuperação integral da arrecadação do setor, de pouco mais de R$ 28 bilhões, a previsão inicial do ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Vale destacar que a desoneração do diesel e gás natural está mantida até o final do ano.

A decisão de não cobrar impostos sobre os combustíveis foi tomada a partir de uma medida provisória editada no início deste ano, que mantém a desoneração sobre gasolina, diesel, gás natural veicular, gás liquefeito de petróleo, querosene avião e biodiesel até esta terça-feira (28/2).

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads