Brasil

Médicos fizeram última selfie pouco antes de serem executados; três deles morreram

Câmera de segurança flagrou a ação dos criminosos; uma das vítimas é irmão de deputada de SP

Em | Da Redação

Atualizado em

Médicos fizeram última selfie pouco antes de serem executados; três deles morreram
Médicos Marcos de Andrade Corsato, Perseu Ribeiro Almeida, Diego Ralf Bonfim e Daniel Sonnewend Proença foram alvo de ataque a tiros no Rio — Foto: Reprodução

Quatro médicos de São Paulo fizeram uma selfie pouco antes de serem alvo de um ataque a tiros, na madrugada desta quinta-feira, num quiosque da orla da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Marcos de Andrade Corsato, Perseu Ribeiro Almeida e Diego Ralf Bonfim não resistiram aos ferimentos, enquanto Daniel Sonnewend Proença está internado. Na fotografia, os profissionais aparecem sorridentes, sentados numa das mesas do quiosque.

Uma câmera flagrou o momento do ataque, que mostra a movimentação dos assassinos. Criminosos armados saíram de um carro e fizeram disparos contra o estabelecimento.

Reprodução

Uma das vítimas é irmão da deputada Sâmia Bomfim, do PSOL (SP): Diego Ralf Bomfim, de 35 anos. As vítimas eram médicos de São Paulo, que estavam no Rio para um congresso Minimally Invasive Foot Ankle Society (Mifas), que começa nesta quinta-feira.

Diego Ralf Bomfim era graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina Dr. Domingos Leonardo Cerávolo, da Universidade do Oeste Paulista. Era especialista em Ortopedia e Traumatologia, em cirurgia do pé e tornozelo e em reconstrução óssea — esta última especialização, obteve pelo Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Marcos de Andrade Corsato, de 63 anos, morreu na hora do ataque, assim como Perseu Ribeiro Almeida, de 33. Corsato era diretor do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). Já Almeida era especialista em Cirurgia do Pé e Tornozelo pelo Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Um quarto homem, identificado como Daniel Sonnewend Proença, também foi ferido e levado para o Hospital Lourenço Jorge, também na Barra

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads