Brasil

Mãe retira criança do bebê conforto e provoca morte do filho

Em | Da Redação

Atualizado em

Mãe retira criança do bebê conforto e provoca morte do filho

Um ato de irregularidade teve como uma consequência fatal na tarde da última sexta-feira (20). Isso porque, com apenas 10 meses, um bebê morreu após cair de um caminhão em movimento quando, em seguida, foi atropelado na BR-116, na altura de Campina Grande do Sul, situado na região Metropolitana de Curitiba.

Ao mesmo tempo, a mãe da criança também caiu do veículo, porém apresentou apenas ferimentos de grau leve. Apesar de completar 11 meses no último domingo (22), a vítima, identificada como Pedro Henrique Moreira Pereira, morreu no local. Em resumo, o passo a passo da ação começou com uma atitude desconexa com a segurança.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a mãe retirou a criança do bebê conforto, mas, quando o veículo passou por uma curva, a porta do caminhão terminou abrindo, o que fez com que os dois fossem arremessados para fora do veículo. Enquanto dirigia o caminhão, o pai do bebê não ficou ferido.

Por meio de um depoimento aos policiais, o condutor relatou que “não visualizou se outro veículo o atropelou”, no entanto, como não foram identificados vestígios biológicos no caminhão em que estavam, existe a possibilidade de que outro carro que estava no mesmo sentido da rodovia possa ter atropelado a criança.

Lei

Crianças com idade inferior a 10 anos ou até 1,45m de altura precisam estar nos bancos traseiros, com a utilização de cadeirinhas ou assento de elevação adequados para cada idade. É o que menciona o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). No mais, a Resolução 277/08 impõe a obrigatoriedade do uso de bebê conforto para crianças até 1 ano.

 

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads