Pernambuco

Mãe que matou filha de 10 meses e escondeu corpo no freezer de casa é transferida para penitenciária

Prisão preventiva foi decretada após audiência de custódia. Criança foi envenenada com 'chumbinho' e corpo foi mantido no congelador por cerca de 30 dias, segundo PM.

Em | Da Redação

Atualizado em

Mãe que matou filha de 10 meses e escondeu corpo no freezer de casa é transferida para penitenciária
Simary Rayane foi presa preventivamente por homicídio qualificado e ocultação de cadáver

A mulher de 27 anos que envenenou a filha de 10 meses e escondeu o corpo no freezer de casa teve a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva, nesta quinta-feira (23), após passar por audiência de custódia. Identificada como Simary Rayane da Silva, ela foi encaminhada para a Colônia Penal Feminina Bom Pastor, localizada no Engenho do Meio, bairro da Zona Oeste do Recife.

De acordo com o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), a audiência de custódia aconteceu no Fórum de Jaboatão dos Guararapes, durante a manhã. Na ocasião, o juiz Renato Dibachti Inácio de Oliveira decidiu que Simary Rayane permanecerá presa preventivamente pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

Entenda o caso

A avó da bebê acionou a Polícia Militar, na noite da terça-feira (21), afirmando que a filha tinha ameaçado cometer suicídio e que se recusava a dizer onde estava a neta;

Agentes da PM foram até a casa de Simary Rayane, no bairro de Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, e recomendaram que a avó procurasse o Conselho Tutelar e ajuda psicológica, por causa dos problemas de relacionamento da família;

No dia seguinte (22), a mãe de Simary Rayane foi ao 6º Batalhão da PM, no bairro de Prazeres, também em Jaboatão, e contou à polícia que a filha tinha confessado ter matado o bebê;

Com a nova informação, os policiais voltaram à casa da mulher e ela admitiu que matou a bebê usando um veneno conhecido como chumbinho, que tem a comercialização proibida no Brasil desde 2012;

Segundo a Polícia Militar, a criança estava sendo mantida congelada no freezer pela mãe há cerca de 30 dias;

Simary Rayane foi levada para prestar depoimento no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoas (DHPP), no Cordeiro, Zona Oeste do Recife, onde foi presa em flagrante;

Primeiras informações da polícia indicam que mãe usou o veneno conhecido popularmente como “chumbinho” para tirar a vida da menina, de apenas 10 meses

 

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads