Noticias

Lula dispensa 40 militares da administração do Alvorada

Em | Da Redação

Atualizado em

Lula dispensa 40 militares da administração do Alvorada
(Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

(Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) dispensou 40 militares da Coordenação de Administração do Palácio da Alvorada, residência oficial da presidência.

A lista com o nome de todos os afastados está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (17).

Sem justificativa aparente, a dispensa ocorre após a primeira-dama, Janja, expor os danos que encontrou no Alvorada depois que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) desocupou o local.

Janja, em entrevista concedida à GloboNews, fez um passeio pela residência oficial e mostrou vidros de janelas rachados, sofás e tapetes rasgados e sujos, tetos com infiltração, tábuas soltas e quebras no piso.

Uma série de móveis e obras de arte precisarão ser restaurados, por danos ou exposição indevida ao sol.

Na ocasião, a primeira-dama chegou a dizer que não houve cuidado com o local. “O que a gente percebe é que não teve cuidado, manutenção”, observou Janja.

Ela ainda complementou dizendo que ela e o presidente mudariam para o lugar após ser realizado um inventário completo do Palácio da Alvorada.

“Eu e o presidente Lula resolvemos que a gente só vai mudar quando tiver um inventário completo do que tem aqui dentro, de como foi entregue para a gente”, afirmou Janja à época.

Antes mesmo da mudança, a intenção era de fazer algumas obras para restaurar o espaço na área residencial do Alvorada.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads