Brasil

Lula anuncia 2 milhões de quilos de carne para Rio Grande do Sul após reunir empresários

A distribuição não será feita de uma só vez para evitar desperdício e as doações incluem carne bovina, suína e de frango.

Em | Da Redação

Atualizado em

Lula anuncia 2 milhões de quilos de carne para Rio Grande do Sul após reunir empresários
Reunião com ABIEC, ABPA e Abrafrigo, acompanhado do Ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro

O presidente Lula anunciou, nesta segunda-feira (27), que empresários do setor de frigoríficos vão doar 2 milhões de quilos do produto para o Rio Grande do Sul. A iniciativa foi organizada pelo Palácio do Planalto, que reuniu entidades do setor para planejar a logística das doações no estado.

O que aconteceu?
Na ocasião, o presidente Lula disse ser grato ao setor de proteína animal por atender ao chamado para reunião para discutir as ações de solidariedade para o Sul. O encontro foi convocado pelo ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro. “Isso demonstra que o país tem solução quando deixamos nossas diferenças de lado para ajudar quem mais precisa. Todas essas doações, que já somam 2 milhões de quilos de carne, vão chegar aos gaúchos e gaúchas”, declarou o presidente.

Como será?
O ministro Carlos Fávaro explicou que o governo organizará a logística de entrega das carnes para abrigos e cozinhas solidárias, utilizando os centros de distribuição das empresas privadas.

Quem vai comandar?
“Vamos organizar isso com as entidades. Como governo, ficarei como ponto focal aqui, e vou procurar o governador e o ministro Paulo Pimenta para criarmos uma rede que identifique o quê, para quem, em qual quantidade e quantas pessoas são atendidas em cada centro de alimentação. Queremos criar uma estrutura logística permanente para que esse setor tão importante da economia, que já se mostrou eficiente em vender carne para o Brasil e o mundo, demonstre sua eficiência também em solidariedade”, detalhou Fávaro.

O que será doado?
As doações incluem carne bovina, suína e de frango. Segundo Fávaro, a distribuição não será feita de uma só vez para evitar desperdício. Do total doado, a JBS contribuiu com 1 milhão de quilos de proteína e disponibilizou sua estrutura logística para apoiar a distribuição das doações de outras empresas do setor.

Quem esteve na reunião?
A reunião contou com a presença de 32 empresários e representantes do setor, incluindo os irmãos Wesley e Joesley Batista, do Grupo J&F, Marcos Molina da BRF-Marfrig e Luiz Bueno da Mercúrio Alimentos. Também estavam presentes líderes da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC), da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo).

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads