Empregos

Lojas Americanas começam a demitir funcionários

Em | Da Redação

Atualizado em

Lojas Americanas começam a demitir funcionários
É preciso ter a partir de 18 anos, ensino médio completo e disponibilidade para trabalhar até 10 de abril

(Foto: Divulgação)

A Americanas, uma das maiores varejistas do país, que deu início à recuperação judicial no último dia 19, começou nesta terça-feira (31) os cortes de pessoal.

A Folha apurou que as demissões começaram no Rio de Janeiro, sede da companhia, que foi fundada em 1927 por imigrantes americanos.

Os cortes, neste primeiro momento, devem envolver terceiros, segundo apurou a Folha, mas também serão estendidos ao pessoal contratado em regime CLT.

Uma dificuldade adicional para os cortes é que, na pressa em apresentar a sua recuperação judicial, para não ter recebíveis bloqueados por bancos credores, a Americanas não incluiu os funcionários no processo. Ou seja, valor devido aos funcionários cortados não poderá entrar no processo de recuperação judicial, e deverá ser pago normalmente pela empresa.

A empresa soma cerca de R$ 42 bilhões em dívidas com credores. São cerca de 45 mil funcionários, diretos e indiretos.

Procurada, a Americanas não se pronunciou até o começo da tarde desta terça (31).

Daniele Madureira/Folhapress

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads