Brasil

Lei que institui os novos salários dos enfermeiros será derrubada? Entenda tentativa das entidades de saúde

Em | Da Redação

Atualizado em

Lei que institui os novos salários dos enfermeiros será derrubada? Entenda tentativa das entidades de saúde
Governo federal articula Medida Provisória para destravar piso da enfermagem

Lei que institui os novos salários dos enfermeiros será derrubada? Entenda tentativa das entidades de saúde

Em vigor deste o dia 5 de agosto deste ano, o Piso Salarial dos Enfermeiros vem sofrendo tentativas de derrubá-lo. A sansão do PL 2564/20 é fruto da luta da categoria por melhores salários.

Nos últimos dias, entidades de saúde entraram com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar impedir a aplicação do novo Piso Salarial da Enfermagem. Segundo as organizações, o pagamento é “insustentável”.

De acordo com as associações, a lei não deixa claro quais serão as fontes de recursos que vão arcar com o reajuste.  O grupo diz que o Congresso Nacional e a Presidência da República “ignoraram as pesadas consequências para a população brasileira da lei sancionada”.

Segundo o Congresso em Foco, o pedido foi apresentado pelas seguintes organizações:

Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (Abramed), Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas (ABCVAC), Associação Brasileira dos Centros de Diálise e Transplante (ABCDT), Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp), Confederação Nacional de Municípios (CNM), Confederação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos (CMB), Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde) e pela Federação Brasileira de Hospitais (FBH).

“Os serviços de saúde vivem no Brasil de duas fontes de financiamento: o Sistema Único de Saúde (SUS) e os valores pagos aos planos de saúde. Nos dois casos, a lei sancionada transferiu a conta para o já fragilizado sistema de saúde do Brasil, e para as pessoas e empresas que pagam planos de saúde. E, pior: exige que, especialmente prestadores menores, como clínicas e pequenos hospitais e Santas Casas — maioria absoluta no país — busquem recursos que não possuem para o pagamento imediato da lei”, diz nota da CNSaúde.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads