Pernambuco Política

Justiça Eleitoral manda retirar das redes sociais fake news contra Marília sobre “ideologia de gênero”

Em | Da Redação

Atualizado em

Justiça Eleitoral manda retirar das redes sociais fake news contra Marília sobre “ideologia de gênero”

Fotos: Tiago Calazans

A Justiça Eleitoral atendeu a uma solicitação da coligação “Pernambuco na veia” e mandou o Facebook retirar do ar uma notícia falsa sobre a candidata ao governo do Estado, Marília Arraes (Solidariedade). Agora, a exemplo do que ocorreu no primeiro turno, a publicação falsa aborda notícias sobre apoio de Marília à “ideologia de gênero”.

Na decisão, a desembargadora Virgínia Gondim Dantas acolheu o pedido do setor jurídico da coligação, que solicitou que a Justiça Eleitoral determinasse a retirada do ar de publicação mentirosa postado no Instagram – rede social gerida pela Meta, que também é proprietária do Facebook. Caso não seja cumprida imediatamente, a rede social terá que arcar com multa diária de R$ 1 mil.

O autor da postagem foi identificado e é militante do candidato à Presidência, Jair Bolsonaro, e publicou uma velha fake news, que já foi alvo de outras  ações do jurídico de Marília.

BALANÇO

Desde o início da campanha eleitoral, a coligação PERNAMBUCO NA VEIA obteve 32 vitórias na Justiça Eleitoral contra diversas irregularidades cometidas, na sua maioria,  nas redes sociais, em especial o Instagram, o Facebook e o WhatsApp. De acordo com o levantamento do setor jurídico de Marília, as infrações mais comuns foram a postagem de notícias falsas, incluindo quatro ações sobre divulgação de pesquisas mentirosas.

*Da assessoria 

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads