Brasil

Juiz que condenou Sari Real pede investigação contra família de Miguel por maus-tratos contra a criança

Em | Da Redação

Atualizado em

Juiz que condenou Sari Real pede investigação contra família de Miguel por maus-tratos contra a criança
Foto: reprodução internet

O juiz José Renato Bezerra, da 1ª Vara dos Crimes Contra a Criança e o Adolescente, pediu que autoridades investiguem denuncias contra a mãe de Miguel e avó por cárcere privado, humilhação e maus-tratos. O pedido consta na mesma sentença que condenou a ex-patroa da mãe de Miguel, Sarí Mariana Costa Gaspar Corte Real, a oito anos e seis meses de prisão pela morte do garoto.

“Um promotor de Justiça, um delegado de polícia, um defensor público, alguma autoridade que tiver competência, deve debruçar-se sobre os autos, apurar nos testemunhos os indícios de tortura, de conivência com a tortura, de maus tratos, de racismo, de cárcere privado, os atos em tese praticados contra Miguel, ele ainda estava vivo”, diz um trecho da sentença.

De acordo com o magistrado, uma testemunha relatou que a avó do menino, Marta Maria Santana, chamava Miguel de “coisa preta” e de “desgraça” e que a mesma já teria arremessado pedras e pau de vassoura com a criança.

O juiz esclareceu na sentença que o pedido de investigação não tem relação com o processo da morte de Miguel. É uma investigação a parte e que, independente do resultado, não altera a sentença atribuída a Sarí Corte Real pelo crime de abandono de incapaz com resultado morte.

Da redaçaõ do PortalPE10, com informações do BNews.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads