Carreiras

JBS leva 1,5 mil colaboradores do Brasil para trabalhar na ‘JBS Austrália’

Programa “JBS Sem Fronteiras” garante aos colaboradores capacitação para trabalhar no exterior

Em | Da Redação

Atualizado em

JBS leva 1,5 mil colaboradores do Brasil para trabalhar na ‘JBS Austrália’
Programa “JBS Sem Fronteiras” garante aos colaboradores capacitação para trabalhar no exterior

A empresa global de alimentos JBS lançou recentemente a nova edição do programa “JBS Sem Fronteiras”, iniciativa que leva colaboradores do Brasil para trabalhar nas operações da companhia no exterior. São 1,5 mil oportunidades em diversas funções nas áreas produtivas e administrativas na JBS Australia. Para isso, os funcionários passarão por uma espécie de capacitação em idiomas através de curso de inglês oferecido aos participantes do programa. Parte dos colaboradores selecionados embarcaram para o território australiano em abril e os demais irão em dezembro deste ano.

O diretor-executivo de Recursos Humanos da JBS Brasil, Fernando Meller, deu mais detalhes sobre o programa. “Somos uma companhia global, com uma cultura sólida e com o foco de ter as pessoas certas nos lugares certos. Temos como missão gerar oportunidades de um futuro melhor a todos os nossos colaboradores e, por isso, acreditamos tanto no JBS Sem Fronteiras”, explicou.

A JBS é uma das maiores empregadoras do País e conta com mais de 140 mil colaboradores na operação brasileira, estando presente em mais de 20 estados. Globalmente, a empresa tem 260 mil profissionais em 24 países. Com o JBS Sem Fronteiras, a companhia busca reter os seus talentos dentro da organização, aumentar a atratividade das posições produtivas junto as comunidades em que está presente e fortalecer a sua atuação como marca empregadora, oferecendo oportunidades de desenvolvimento profissional dentro e fora do Brasil.

Programa “JBS Sem Fronteiras” garante aos colaboradores capacitação para trabalhar no exterior

Para participar da nova edição do programa, os candidatos interessados precisam ter Ensino Fundamental completo, ser colaborador da JBS há, pelo menos, 12 meses e ter, no mínimo, dois anos de experiência. Os aprovados no processo recebem todo o suporte da JBS para a mudança de país, obtendo auxílio no processo do visto, compra de passagem, documentação e contrato de trabalho.

Além disso, mesmo quem não fala inglês pode participar do programa, já que o Instituto J&F, um centro de educação para os negócios mantido pelo grupo J&F, holding que controla a JB, oferecerá gratuitamente um curso do idioma com conteúdo interativos e aulas com professores nativos. A plataforma do curso pode ser acessada em qualquer dia e horário, e conta com vídeos, áudios, e-books e atividades. Periodicamente, os alunos realizam testes para avaliação da evolução de aprendizagem.

“Estamos felizes por poder proporcionar aos nossos colaboradores a oportunidade de se desenvolver e, desta forma, contribuírem cada vez mais para o crescimento da nossa empresa e a disseminação e fortalecimento da nossa cultura”, completa Meller.

A JBS Australia é uma das principais operações da JBS no mundo, respondendo por 9% da receita líquida global da companhia e contando com mais de 14 mil colaboradores. A JBS opera no mercado australiano desde 2007, quando realizou a compra da empresa de bovinos Australia Meat Holdings. Desde então, vem ampliando seus negócios na região por meio de uma série de aquisições, passando a atuar em alimentos preparados, no segmento de cordeiros, suinocultura e aquicultura.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads