Logo FolhaPE
Pernambuco

Irmão de cantor pernambucano gospel morre após ser brutalmente espancado durante sequestro

Sofrimento da família começou no último dia 29, quando o rapaz foi sequestrado por criminosos

Em | Da Redação com informações de FolhaPE

Atualizado em

Irmão de cantor pernambucano gospel morre após ser brutalmente espancado durante sequestro
Sofrimento da família começou no último dia 29, quando o rapaz foi sequestrado por criminosos

O irmão do cantor pernambucano gospel Jamenson Luiz, da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco (Ieadpe), José Geraldo de Lima e Silva, de 31 anos, foi sequestrado morto pauladas por criminosos no interior de São Paulo. O homem trabalhava como operador de escavadeira e retroescavadeira e estava no estado sudestino desde o mês de maio deste ano, buscando melhorias no trabalho.

Com requintes de crueldade, o sequestro de José Geraldo e a sua morte causaram desespero à família. O homem foi sepultado na tarde da última segunda-feira (4), no Cemitério da Muribeca, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

No mês passado, José Geraldo chegou a receber uma proposta de uma outra empresa em Pernambuco e ele já estava preparado para retornar ao estado após o desligamento da firma no qual trabalhava

Porém, no dia 29 de agosto, o operador foi sequestrado. Na ação, os criminosos fizeram uma chamada de vídeo para a mãe da vítima, que mora em Jaboatão, mostrando José Geraldo sendo espancado de forma violenta

Após a ligação, ainda na manhã do mesmo dia, os familiares voltaram a ter notícias de Geraldo, porém já do hospital onde foi internado em estado crítico, sem movimento das pernas para baixo e com os rins paralisados.

“Minha mãe recebeu uma ligação de vídeo de um número estranho com DDD do interior de São Paulo. Quando atendeu, pôde assistir a três homens altamente violentos espancando o meu irmão e pedindo, com grande euforia, que ela transferisse dinheiro naquele momento”, disse o cantor gospel Jamenson Luiz.

“O meu irmão pedia calma e dizia que o dinheiro seria dado, mas que tivessem calma. Eles, porém, não esperaram ou não acreditaram e desligaram o telefone. A minha mãe ficou em estado de choque”, afirmou Jamenson.

Ainda de acordo com Jamenson, o seu irmão, através das chamadas de vídeo, disse que não sentia nada da cintura pra baixo e que estava perdendo muito sangue pela urina. Geraldo sentia fortes dores na região das costas e abdômen, onde foi mais atingido por uma madeira de quatro quinas.

No 1º de setembro, José Geraldo teve os rins paralisados e foi submetido à hemodiálise em caráter de urgência e logo depois veio a confirmação de que ele não tinha resistido às disfunções dos órgãos devido ao espancamento brutal que recebeu.

“Estamos esperando [o resultado das investigações], mas na certeza de que da justiça de Deus essas pessoas não poderão escapar”, concluiu Jamenson.

Segundo o cantor, por orientação do delegado para não atrapalhar as investigações, não pode ser divulgada a cidade onde o operador de retroescavadeira estava morando em SP

Desabafo familiar
No Instagram, o cantor Jamenson Luiz desabafou sobre o falecimento do irmão, que deixou um filho de seis anos. Ainda na publicação, Jamenson agradeceu o apoio dos amigos.

“Aprouve Deus chamar o meu irmão. Ele não suportou as dores, não aguentou”, lamentou.

Investigações
As investigações estão sendo realizadas pela Polícia Civil de São Paulo juntamente com a DIC (Divisão de Investigações Criminais), que asseguraram resposta com brevidade do caso.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads