Empregos

INSS tem 31 vagas em Pernambuco; salário inicial é de R$ 5,9 mil

Em | Da Redação

Atualizado em

INSS tem 31 vagas em Pernambuco; salário inicial é de R$ 5,9 mil

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) divulgou, nesta quinta-feira (15), edital de concurso público para o preenchimento de 1.000 vagas de técnico do seguro social. A vaga exige nível médio de escolaridade e tem salário inicial de R$ 5.905,79.

Em Pernambuco, há 31 vagas para agências de Previdência Social ligadas a gerências de quatro cidades: Recife, Caruaru, Garanhuns e Petrolina. No Recife, são nove vagas, sendo seis de ampla concorrência, uma para pessoas com deficiência e duas reservadas para pessoas negras.

Em Caruaru, o concurso oferta 12 vagas: nove de ampla concorrência, uma para pessoas com deficiência e duas reservadas para pessoas negra. Para a unidade de Garanhuns, são cinco vagas, sendo quatro de ampla concorrência e uma reservada para pessoas negras. Já em Petrolina, o INSS abre cinco vagas: três de ampla concorrência, uma para pessoas com deficiência e uma reservada para pessoas negras.

De acordo com o edital, os candidatos aprovados que forem convocados serão lotados em qualquer agência da Previdência Social pertencente à Gerência Executiva do INSS à qual optou por concorrer.

As inscrições custam R$ 85 e devem ser feitas no site da banca organizadora, a Cebraspe. O período de inscrição é desta sexta-feira (16) a 3 de outubro.

Provas em novembro
As provas objetivas do concurso serão feitas no dia 27 de novembro nas cidades das gerências regionais. Quem se inscreveu para o Recife, por exemplo, fará a prova no Recife. O exame terá duração de 3h30.

As provas terão conhecimentos básicos de Língua Portuguesa, Ética no Serviço Público, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Noções de Informática e Raciocínio Lógico-Matemático.

Além disso, haverá questões de conhecimentos específicos para temas relacionados a benefícios previdenciários e legislação previdenciária.

Curso de formação
O curso de formação será realizado em cidades específicas: Belém/PA, Belo Horizonte/MG, Brasília/DF, Florianópolis/SC, Fortaleza/CE, João Pessoa/PB, Manaus/AM, Rio de Janeiro/RJ e São Paulo/SP.

Não haverá o curso no Recife e em nenhuma cidade pernambucana. Dessa forma, todos os aprovados nos quatro polos do Estado deverão se deslocar a João Pessoa/PB para participar da formação.

O curso de formação terá a carga horária de até 180 horas presenciais, em tempo integral, com atividades que poderão ser desenvolvidas nos turnos diurno e noturno.

Durante o curso, o candidato receberá auxílio financeiro equivalente a 50% da remuneração.

Nota final
A avaliação do curso de formação consistirá de prova objetiva, composta de 120 itens para julgamento certo ou errado, e de prova discursiva, composta de duas questões discursivas, a serem respondidas em até 15 linhas, acerca dos conteúdos ministrados no curso.

A nota final no concurso será o somatório da nota final na primeira etapa e da nota final no curso de formação.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads