Brasil

Homem vai à igreja pedir perdão por estuprar e matar criança

Edilson dos Santos foi preso após desferir 30 facadas em menina

Em | Da Redação

Atualizado em

Homem vai à igreja pedir perdão por estuprar e matar criança
Edilson Amorim dos Santos Foto: Reprodução / PCRJ

 

Um homem de 47 anos foi até a Igreja Universal para pedir perdão após ter estuprado e matado uma criança de 11 anos com 30 facadas. O pedreiro Edilson Amorim dos Santos teria abordado Sophia Ângela Veloso Silva na última segunda-feira (27) enquanto ela ia para a escola. O caso aconteceu na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Segundo informações do portal Metrópoles, Edilson é irmão da ex-madrasta da vítima. Logo após o crime, ele teria atirado o corpo em uma caçamba de lixo na região.

Edilson Amorim dos Santos Foto: Reprodução / PCRJ

A namorada de Edilson contou à polícia que o parceiro chegou em casa desesperado no dia do crime. Na ocasião, ele parecia desorientado e alegou que tinha disparado com uma arma de fogo contra um colega de trabalho.

Ele pediu à companheira que fosse com ele à Igreja Universal para ele “se consertar e pedir perdão a Deus”, entretanto, a mulher recusou. Momentos depois, Edilson enviou uma foto para ela em frente à instituição religiosa.

À Polícia Civil, a namorada do suspeito disse que ele ingeria bebida alcoólica diariamente e tinha momentos de agressividade. Ele mesmo confessou o crime às autoridades, e irá responder por estupro de vulnerável, homicídio e ocultação de cadáver.

 

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads